15 outubro 2018

Mais de 500 servidores federais do Ceará participam de 12° Congresso realizado pelo SINTSEF/CE

Defesa dos serviços públicos, das estatais e da democracia estão entre principais os temas a serem debatidos pelas filiadas e filiados do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal do estado do Ceará (Sintsef)

Para discutir sobre o futuro dos serviços e dos servidores públicos, os impactos da terceirização irrestrita na administração pública e a defesa da democracia 500 servidores públicos federais estarão reunidos no 12º Congresso da categoria. O evento acontecerá entre os dias 18 a 21 de outubro de 2018, no Hotel Parque da Fontes em Beberibe Ceará. Com o tema “Unidade Contra O Golpe! Em Defesa Da Democracia! Nenhum Direito A Menos!” Será um importante momento de balanço das lutas dos movimentos sociais, para planejar as estratégias dos próximos anos.

A data do Congresso foi fechada no final de abril de 2018, em uma assembleia com os delegados de base do Sintsef/Ce. Em junho e julho, os servidores escolheram seus representantes nas 190 assembleias realizadas por local de trabalho. O momento já era de defesa da democracia, mas com o contexto do segundo turno da eleição para presidente, o congresso assume maior importância. O próximo presidente e as ideias que ele defender serão determinantes para o serviço público federal. O momento é de tensão diante da possibilidade de ascensão de um governo liberal e conservador.

Para facilitar as discussões do Congresso, nomes nacionais como Sérgio Ronaldo e Edson Cardoni da Direção Nacional da Condsef, entre outros convidados, estão entre os palestrantes convidados. Eles farão parte da mesa de balanço do movimento sindical com Enedina Soares, presidenta da Federação do Trabalhadores do Serviço Público Municipal do Ceará (Fetamce), no dia 19/10, às 9 horas da manhã. Juntamente com um representante da direção colegiada do Sintsef, os três abordarão as ameaças de destruição ao serviço públicos em todas as instâncias (municipal, estadual e federal) e as ações de resistência frente ao governo do presidente não eleito Michel Temer.

A 12º edição do Congresso do Sintsef/Ce discutirá ainda os impactos da Emenda Constitucional 95/16 que congela os investimentos em serviços públicos por 20 anos, a recente aprovação da terceirização também para as atividades-fim das empresas, a soberania nacional frente a possibilidade de privatização das estatais e universidades, o sucateamento do SUS, bem como de quase todos órgãos federais. Desde 1991, o Sintsef/Ce realiza seu Congresso de forma democrática, um espaço para a defesa de teses, deliberações coletivas e escolha dos próximos passos da luta.

Programação

DIA 18/10 (quinta-feira)

06h30h às 09h – Café da Manhã

08h às 12h – Credenciamento de Delegados

10h30 – Discussão e aprovação do Regimento Interno do 12º Congresso do SINTSEF/CE

11h30 – Apresentação de Teses

12h – Almoço

14h – Conjuntura Nacional e Internacional

  •  Clemente Ganz Lúcio (DIEESE)
  •  Helder Molina (Professor de economia e política da educação – UERJ)
  •  Julio Turra (CUT Nacional)

18h – Abertura

MESA: (CUT, CONDSEF/FENADSEF, SINTSEF/CE)

Apresentação Cultural e abertura do 12º do SINTSEF/CE

19h – Jantar

19h às 22h – Noite Cultural

DIA 19/10 (sexta-feira)

06h30 às 09h – Café da Manhã

08h às 12h – Credenciamento de Suplentes

08h – Balanço do Movimento

  •  Sergio Ronaldo da Silva (CONDSEF/FENADSEF)
  •  Edison Vitor Cardoni (FENADSEF)
  •  Enedina Soares (FETAMCE)

12h – Almoço

14h – Servidores e Serviço Público

  •  Abelardo de Oliveira Filho (EMBASA)
  •  Antonio Augusto de Queiroz (DIAP)
  •  Fernando Leite Siqueira (AEPET)
  •  Maria das Graças Costa (CUT Nacional)

19h – Jantar

19h às 22h – Noite Cultural

DIA 20/10 (sábado)

06h30 às 09h – Café da Manhã

08h às 12h – Trabalhos dos Grupos

12h – Almoço

13:30h às 18h – Assembleia Estatutária

19h – Jantar

19h às 22h – Noite Cultural

DIA 21/10 (domingo)

06h30 às 09h – Café da Manhã

08h – Plenária Final

12h – Almoço

Comentários Comentar