08 agosto 2018

Sintsef se reúne com superintendente do Ministério da Saúde para discutir a situação do órgão

O SINTSEF/CE tem realizado reuniões com a Superintendência Estadual do Ministério da Saúde (MS) para debater a crescente terceirização e sucateamento do órgão. A ideia é pressionar o governo pela reestruturação do trabalho do Ministério, com a reformulação de políticas e concursos públicos.

Na última segunda-feira (06/08), a Direção Colegiada do Sintsef esteve em Audiência com superintendente do Ministério da Saúde no Ceará, Sr. Caio Cândido Carneiro. Durante o encontro, foram discutidos os seguintes pontos:

1- Elaboração dos PPP (Perfil profissiográfico previdenciário) e LTCAT(Laudo técnico das condições do ambiente do trabalho;

2- Andamento de processos requeridos ao núcleo do MS;

3- Reestruturação e retomada dos trabalhos da mesa da saúde;

4- Reestruturação do RH;

5- Identificação funcional dos trabalhadores da SESAI;

6- Diagnóstico junto a Capsaude do perfil dos problemas de saúde dos trabalhadores do ministério da saúde;

7- Que seja encaminhado ofício à FUNASA solicitando toda parte documental dos trabalhadores lotados através das portarias ao MS.

No Ceará, a situação do Ministério da Saúde é bem crítica, pois há muito atraso no pedido de aposentadoria dos servidores. Alguns esperam desde 2016 por documentação para dar entrada em seus processos. Há apenas duas pessoas trabalhando para na análise e emissão de documentos referentes a trajetória dos funcionários, referentes a licenças-prêmio, férias e outras. O SINTSEF/CE segue firme no propósito de cobrar aos gestores do MS o andamento dos processos e documentações requeridas.

Comentários Comentar